Review: Lindsey Stirling – Brave Enough [Álbum]

Lindsey Stirling é uma artista incrível. Desde seu ótimo e auto-intitulado primeiro álbum de estúdio, ela vem trazendo ótimas músicas instrumentais para abençoar nossos ouvidos. Então, o hype pra qualquer álbum dessa mulher é inevitável.

Resultado de imagem para lindsey stirling brave enough

Sendo a artista pop em crescimento que é, a violinista anda mostrando um interesse em não apenas trazer melodias bacanas em seus albuns, mas também colocar mais significado em suas músicas e os transparecer com seu violino. Ela já conseguiu fazer isso algumas vezes, mas isso nunca foi algo explorado em todo um álbum dela.

E agora surge uma grande possibilidade dessa forma de exploração surgir com muito mais força, já que Lindsey volta à compor com sede de expressão. No Brave Enough ela intende em por em cada música algum conflito interno seu que precisa ser quebrado pra que ela possa, enfim, ser valente, valente o suficiente pra passar por aquilo.

A decisão por esse conceito foi muito impactada pela morte do tecladista e melhor amigo de Lindsey, Gavi, que morreu de câncer em 2015 quando Lindsey estava começando a preparar esse álbum. Esse fato colocou Lindsey em uma posição muito obscura onde ela viu a necessidade de ser brava o suficiente pra superá-la. Inspirada por isso, Stirling quer compor sobre situações de sua vida onde ela foi posta nessa situação de escuridão, e é isso que veremos aqui.

Continuar lendo “Review: Lindsey Stirling – Brave Enough [Álbum]”

Anúncios

Review: Lady Gaga – Joanne [Álbum]

Que Lady Gaga é um puta dum nome dentro do pop ocidental não é novidade pra ninguém. Algo que é bem merecido se formos ver os dois primeiros álbuns dela.

Convenhamos que ela entrou numa decaída desde o álbum Born This Way. Desde então, músicas duvidosas e álbuns não tão bons foi o que Gaga trouxe pra a gente (não que Resultado de imagem para lady gaga joannetodas as músicas/singles fossem péssimas, mas no geral, a situação não era das melhores). Então esperar pra ver se a Dama iria dar a volta por cima era inevitável.

Junto a isso, temos a sumida de Gaga durante 3 anos pra focar na criação do seu meme álbum de Jazz com o Tom Bennett. Todos ficaram ansiosos pra ver Gaga voltando com músicas pop novas. E bem… não é lá isso o que a cantora queria fazer, algo que ficou claro desde que o primeiro single, Perfect Illusion, foi lançado.

Com esses dois pesos nas costas, Lady Gaga teve a responsabilidade de trazer um álbum com estilo musical diferente e que, mesmo assim, consiga convença os seus ouvintes. O negoço funcinou ou não? Bora lá dar uma olhada agora.

Continuar lendo “Review: Lady Gaga – Joanne [Álbum]”

Review: Beyoncé – Lemonade [Álbum + Álbum Visual]

Depois de ter trazido o incrível álbum BEYONCÉ no finzinho de 2013, Beyoncé se tornou a artista pop mais venerada everrr e continua assim até hoje. Então o hype no próximo trabalho da cantora era inevitável, e eu estou incluso nas pessoas hypadas.

Como o ultimo álbum de estúdio dela é um dos meus álbuns favoritos de todos os tempos, eu já não tava esperando uma grandiosidade enorme no Lemonade (vamo lá, fazer duas masterpieces uma atrás da outra é quase que impossível). Mas isso não tirou minha vontade de saber o que Beyoncé estava tramando para agora.

Minha curiosidade se aguçou ainda mais sabendo que ela ia tratar do movimento negro no álbum como o próprio título sugere (no passado, escravos negros tomavam limonada achando que iam ficar mais brancos). Um álbum de críticas sociais vindo de uma artista pop parece muito interessante, não vai me dizer? E ainda tinha a grande questão do álbum visual, aquele conceito que ela inaugurou. O que seria dele? Bem, ele foi continuado, só nos resta ver como ele foi continuado e se prestou.

E agora finalmente poderemos saber se toda a expectativa valeu a pena mesmo ou nah. (Vou primeiro falar do álbum só como um álbum musical mesmo, ignorando a parte visual. Depois falo de como fico o filme aka visual album).

Continuar lendo “Review: Beyoncé – Lemonade [Álbum + Álbum Visual]”

Review: Perfume – Cosmic Explorer [ÁLBUM]

Depois de muito nos fazer esperar, Perfume FINALMENTE chega com o seu 5º álbum de estúdio, Cosmic Explorer. Depois de vários singles duvidosos e de nos fazer ir pras ruas pedir o impeachment de Nakata (produtor do Cosmic Explorer) por Display não estar na tracklist do álbum, não era de se esperar que os perfumetes iriam ficar tri nervosos pra saber o que diaxos seria de Cosmic Explorer. Bem, pra o bem ou pra o mal, a hora da verdade chegou.

Mas antes de tudo, vamos parar pra analisar o QUÃO Perfume-COSMIC-EXPLORER-495x488LINDA FICOU A CAPA DESSE CD ❤ ❤ <3. Sério, minha capa favorita delas era a de JPN por ser uma capa super branda usando um tom de verde que combinou muito com a atmosfera do álbum. Mas essa aqui teve uma ideia genial colocando as meninas penduradas nesses troços azuis com a cara delas por trás. Melhor capa de Perfume, e Cosmic Explorer já ganhou pontos positivos.

Mas agora vamos ao que interessa, ver se o produto final que aqui foi entregue valeu a pena e o quão horríveis ficaram os album mix dessa vez. Sério Nakata, para com essa ideia de álbum mix que ta feio.

Continuar lendo “Review: Perfume – Cosmic Explorer [ÁLBUM]”

Review: AURORA – Running With The Wolves [EP]

Eis que, dando uma olhada no facebook, encontro um link de uma matéria que falava de uma tal de Aurora Aksnes, cantora norueguesa. Por bobeira mesmo decidi clicar na tal matéria pra conhecer mais sobre essa garota. Aurorarunning

M e l h o r   d e c i s ã o   d a   m i n h a   v i d a.

Sério, AURORA é uma ótima artista. Una um lindo vocal com música que te lembra histórias de fantasia, porém tendo elementos de música moderna, e terá o melhor de AURORA. Digo “o melhor de AURORA” porque o seu primeiro álbum de estúdio meio que fugiu um pouco disso, o que o tornou apenas um álbum qualquer, potencial jogado fora.

Então decidi trazer aqui o review do seu primeiro EP, que mantem essa característica peculiar da cantora. Agora vamos lá conhecer as 4 faixas de “Running With The Wolves”.

Continuar lendo “Review: AURORA – Running With The Wolves [EP]”