MAIMON(th) #1: AGOSTO 2017 – Red Velvet, Lorde, 9MUSES, Taylor Swift e mais uma galera aí

Olha só quem está de volta!!! Ele mesmo, o blog RAMÃO PACOTÃO que irá relevar um pacotão diferente todo mês durante 126318329441 meses!!!

Pois é meus amores, cá está o primeiro dos pacotões mensais que prometi que ia trazer pra vocês. Me dei a liberdade de chamar isso daqui de MAIMON(th) só pra dar uma aproximada a mais dos posts com o nome do blog, mas se acharem esse nome meio bosta, meio pombo, meio ReVeluv, podem dar umas sugestões aí nos comentários pra mudar ele. Quem sabe eu não me aproprio culturalmente da ideia do nosso querido Dallas Corte e passe a chamar isso daqui de ❤ RAMÃO PACOTÃO ❤ não é mesmo?

Enfim, devo dizer que esse mês pra mim com música foi meio ReVeluv por que eu não consegui aproveitar muito bem agosto pra ouvir com graça, dedicação e afetuosidade as coisas que tavam saindo. Mas de qualquer forma, ficam aqui minhas impressões iniciais de um bocado de coisa que teve em agosto:

CLC ESQUECENDO QUE UMA VEZ FORAM 4MINUTE

Se tem duas coisas que não são segredo aqui nesse blog, elas são: 1. eu amo synthpop oitentista; 2. eu amei Hobgoblin; 3. Hyuninha é a religião que eu escolhi seguir. Então vocês devem ter esperado o bug mental fortíssimo que foi eu ter visto CLC fazendo um tipo de música que eu amo, mas abandonando o girlcrush e deixando a Hyuninha sem parecer uma Hyuna.

E quer dizer, por mais que eu ame synthpop, isso aqui não deixa de ser uma fucking balada que, além de ter me deixado mais atordoado ainda por dois segundos atrás CLC ter se associado com uma farofa, não serve pra single de ninguém. Ela passa longe de ser ruim, é bonitinha bem bonitinha, mas como single isso não funcionaria nem com Davichi.

Mas enfim, apesar dos apesares, da pra aproveitar “Where Are You?” por ela ser o que é: uma faixa simples e bonitinha. Só faltou deixar ela quietinha fechando o mini álbum e substituir o single por ESSE MOTHERFUCKING JAM:

DESSA FORMA A CUBE NÃO TERIA ASSASSINADO O MEU 4MINUTE DA NOVA GERAÇÃO NEM A MINHA HYUNINHA.

EU ESTOU MUITO TRISTE.

SONAMOO CHAMANDO A ATENÇÃO DA COMUNIDADE KAPOPEIRA POR TER FEITO UMA MÚSICA COMUM

Vocês acham que eu não to de olho não?? Que só por que sou um morto vivo em fase de pre-casting pra The Walking Dead que eu não to ligado nos acontecimentos do k-pop???? Pois bem, eu vi vocês todos (ISSO MESMO, VOCÊ AÍ QUE TA LENDO) dando um praise enorme pra essa música. Mas honestamente deve ser só o choque de SONAMOO ter feito uma música acima da média. Por que sei lá, essa música é bem bacana mas pelo o que vi falando esperava bem mais.

Mas também tem o fator que eu só ouvi isso aqui no máximo umas 4 vezes, então vai que com a ajuda desses fundos lindos degradê de cores quase neônicas eu não acabe amando “Friday Night” daqui pro fim do ano né não? K-pop sempre tem dessas.

(você quer quebra da 4ª parede, @?)

(me desculpem por ter usado esse meme mas eu precisava fazer isso)

WEKI MEKI NOS ENGANANDO COM UM TEASER FALSO, MENTIROSO E DESCONEXO DA REALIDADE. EU JÁ FALEI QUE O TEASER É MENTIROSO?

Sabem essa guria que o Google me falou que se chama Choi Yoo-jung? Pois bem, ela era a ex-I.O.I que eu mais tava esperando ver como seria o comeback. Tava até esperando que ela fosse debutar solo mesmo, mas logo vi que não quando anunciaram esse Weki Meki (que na verdade se pronuncia wiki miki, então o nome do grupo é pior do que todos nós pensavamos).

Mas enfim, mini biasismos de lado, vi o teaser desse troço aqui, achei a coisa mais quente, up-beat do pedaço contendo a maior taxa de bpm da história do k-pop. Ou sejes: gamei.

Eis que a música sai, começa com os 1348402419 bpm que aparecem nos teaser, SÓ PRA DEPOIS DESAPARECER

SÓ PRA DESAPARECER

D E S A P A R E C E R

Imagem relacionada

Imagem relacionada

SACANAS DO CARALHO

MAS ENFIM, voltando ao digito sem caps lock.

Inegável que a passada dessa introdução pra a música mesmo foi um dos piores turn downs do ano. Tem uma queda de bpm, uma queda de energia, uma queda de barulho. ENFIM, é como se eu tivesse ouvindo os batidões de Sugar Free e do nada começasse a tocar isso.

Os versos também são meio, err, estranhos. Mas felizmente há a compensação no refrão que é bem up lifting, energetico, e bem estruturado. Honestamente, apesar dos apesares, o refrão fez a música valer a pena pra mim

depois de muita terapia pra superar o fato que o teaser era uma farsa.

GIRLS’ GENERATION ESTAVA VIVO ENQUANTO ACHÁVAMOS QUE ELE ESTAVA MORTO

Pois é gente, tá aí um comeback de um grupo de gerações antigas, o que já é surpresa agradável o suficiente por si só.

Mas como nem tudo são flores, “All Night” é meio sem graça pra o que Girl’s Generation deveria se propor a trazer. É bem decente, mas não tem muita coisa que chame a minha atenção o suficiente pra me fazer ouvir isso sentindo muita felicidade e amor no coração.

Acho “Holiday” mais eficiente no quesito “êxtase musical”, mas ela também não tá tão longe de All Night de qualquer forma e ainda é de um gênero musical não lá muito impressivo.

Mas o álbum delas tem umas músicas bem bacanas tipo “Girls Are Back“, então é… bacana.

JÁ 9MUSES NOS TROUXE VIDA ENQUANTO ESTÁ DEFINHANDO

Aquela “Remember” que 9MUSES tinha trazido no começo do ano devia ter sido chamado pre-release, por que olha, “Love City” soa como um real comeback vindo desse grupo lindo e maravilhoso.

A começar por essa introdução destruidora, abaladora que acabou com o meu, o seu, o nosso comeback favorito do ano. Pensar que esse grupo ia conseguir pegar a planta da Sojin e fazer ela mandar um rap tão bom assim??? Foi simplesmente a melhor performance dessa jovem plantinha até hoje numa música de 9muses, muito sexy, muito chamativo e combinou perfeitamente com tudo o que se colocava no instrumental. E olha que ela só precisou sussurrar!!!! Isso acompanhado das gurias soletrando LOVE foi ocasionador de orgasmos auditivos.

Seguido disso a gente tem uma música de alguma vertente do pop que 9muses ainda não explorou mas que não tá saturado, ou seja, o que 9muses costuma fazer de melhor. E é tudo uma delícia de se ouvir.

Eu só tiraria esses “chuchuchu. papapa. lalala. para vinhado”, por mais que as sílabas “chu” “pa” e “la” sejam perfeitas juntas. Ficou desconexo meio aegyo demais pra um grupo como 9muses. Mas de qualquer forma, mandaram bem demais.

RED VELVET GRAVA UM VÍDEO DE 3 MINUTOS E 40 SEGUNDOS EM 40 SEGUNDOS, E FICOU TOP

Sim, isso é um clipe ridículo com um monte de guria numa sala de aula babando um cara aleatório que na verdade não é um cara e sim um desenho que representa artisticamente um boy magia.

E sim, eu amei disso. Essa demora toda gera uma expectativa do caralho pra você ver o que vai acontecer nos próximos segundos da música, e prende toda a sua atenção. Da pra ver o que todo mundo tá fazendo naquela sala graças a essa lentidão exagerada, então pra você prender o olhar não só nas integrantes o grupo, mas nas figurantes, não é nada difícil. Veja só que incrível e groundbreaking no k-pop: da pra acompanhar tudo o que todo mundo tá fazendo no clipe vendo o vídeo uma só vez.

Pra mim a única coisa que precisou pra esse clipe ser um marco na carreira do Red Velvet foi ver as gurias fazendo mais coisas aleatórias, inusitadas e engraçadas. Quer dizer, Irene tava ali parada sem fazer nada (como sempre), Yeri e Wendy tavam se mechendo mais mas nem tavam fazendo nada muito tcham. Mas foi impagável ver Joy fazendo o papel sedutora sexy assim que bateu o olho no boy, seria massa se o resto tivesse se colocado a fazer um papel específico desses e ter se entregue ao personagem. Mas enfim, por isso esse clipe só é top na minha concepção de clipes top, e não topper.

PRISTIN VOLTA E FALA A SÍLABA “DU” DIVERSAS VEZES

Eis que o PRISTIN volta com uma música muito melhor do que a anterior. Tá que “We Like” não é a salvação do k-pop, mas ela é aquele pop chiclete que é a cara do PRISTIN e que ultimamente tá faltando no pop coreano.

E pensar que um dia iriamos estar com falta de pop chiclete na coreia. E gente, não é tão difícil fazer isso, é só fazer um refrão monossilabal e pronto: vira chiclete. Mas já que ninguém quer ganhar dinheiro fácil, é bom que o PRISTIN abrace muito essa sonoridade daí que assim elas se tornam um grupo consistente, com diferencial e aí elas nos dão um bom motivo pra acompanhar elas.

HYUNA SE SENTE NO DIREITO DE SER HIPSTER E FAZ UMA MÚSICA SEM SAL, NÃO SEI O QUE MAIS ELA TAVA ESPERANDO

Hyuna já tava naquela vibe meio the baddest female desde 2015, o que era diferente do que ela tava fazendo antes disso, e isso trouxe uma música meia boca e um hinão da porra, mas de qualquer forma já tava na hora dela dar uma chacoalhada nas coisas pra não ficar enjoado já. Aí ela decidiu fazer o que? Virar hipster e usar pseudo-xilifones no instrumental de suas músicas, quer dizer…

Tá que o resultado final disso não é nada ruim, mas eu não sinto nada grandioso ou que mereça lá minha completa atenção vindo de “BABE”, ela é só mais uma música aí.

Mas bem, o que mais esperar de colocar fucking Hyuna num troço desses? Ela devia era estar rebolando a raba até o chão numa música chiclete verão-esca que permita ela aplicar atrito entre seus seios agora siliconados, aí sim eu vejo uma Hyuna dando certíssimo.

Enfim, eu ainda não me dei o trabalho de ouvir o mini dela não, mas depois eu vejo como ele tá e quem sabe eu não faça um quick review lá na página do blog.

SUNMI VOLTA COM TROPICAL HOUSE, MAS COMO É SUNMI NEM PARECE QUE TROPICAL HOUSE TÁ CHATO PRA CARALHO

Cá estamos com a nossa ex-wonder girl *snif*, Sunmi fazendo comeback depois de uns aninhos sem dar as caras num solo. E ela decidiu que a melhor coisa seria mandar um tropicalhousezão, o que tem chances de dar muitissimo errado e acabar com a nossa sanidade. Mas não, “Gashina” deu a volta por cima e é uma música muito bacana.

Isso aqui nem parece direito com um Tropical House, eu sinto até uma vibe meio reggae vindo dessa música. Ela é bem mais energética e se deixa liberar um astral muito mais poderoso que a grande maioria dos tropical houses por aí.

Isso sem contar nesse clipe super divertido já começando com uma Sunmi que parece ter saído direto do clipe de “Why So Lonely” que depois passa pra uma Sunmi gente como a gente que quando tá sozinha em casa sai correndo pelos corredores fazendo coisas estranhas. Não tem como pedir mais que isso.

GUGUDAN REVOLUCIONA A INDUSTRIA DOS NOMES TRAZENDO SUA NOVA SUB-UNIT: OGU OGU

Esse é, definitivamente, o comeback mais relevante da semana, e não é pela música ou pelo vídeo, isso é o que menos importa. O importante aqui é o nome escolhido pra o novo grupo.

Acompanhando o cenário k-popeiro de longe eu vi que ninguém deu praise pra isso. Será que vocês, meros mortais, não conseguem entender a tamanha grandiosidade desse feito???

A empresa do GUGUDAN tá teve a grande audácia de ter coragem de lançar um grupo chamado GUGUDAN no mercado fonográfico coreano. E AGORA ELES EXTRAPOLAM TODOS OS NÍVEIS DE SÃ CORAGEM E LANÇAM O GRUPO: GUGUDAN OGU OGU

OGU OGU

OGU OGU

O, SEGUIDO DE UM G, SEGUIDO DE UM U, SEGUIDO DE UM ESPAÇO, SEGUIDO DE UMA REPETIÇÃO DA ORDEM DE LETRAS ANTERIORMENTE ARRANJADA.

GUGUDAN OGU OGU

Completamente incrível e groundbreaking. Agora que todas as barreiras do medo imposto pela sociedade a respeito de grupos de k-pop terem nomes ridículos em pleno 2017, podemos esperar por mais nomes como esse aí pela frente. E percebam que essa revolução já começou. Amém, OGU OGU.

TAYLOR SWIFT VOLTA REVAMPED E QUER CRITICAR A TODOS NÓS

Quando isso daqui saiu, eu fiquei completamente shook. Tanto pela sonoridade disso quanto pelo fato de que foi Taylor Swift que trouxe isso daqui. Quer dizer, não bastando a música ser incrível, a pessoa que tá cantando dela é fucking Taylor Swift. Vai me dizer que você tava esperando uma música tão boa e sombria como essa vindo de Taylor Swift?

O andamento da música é incrível e muito atmosférico, ele te prende muito e te hipnotiza em todos os seus momentos. O refrão que é meio cru nesse contexto acaba funcionando muito bem e dá uma melancolia extra a todo o produto final, ele não é um turndown pra a música, mas simplesmente uma continuação da vibe que a gente tava tendo durante os versos. Isso tudo faz essa uma música muito mais pra se sentir do que um pop qualquer como Shape Of You, o que é um puta dum acerto vindo de Taylor.

E essa letra falando sobre como Taylor tá afetada por todas as polêmicas envolvendo o nome dela que aconteceram no ano passado tá muito convincente. Tá, menos pela parte do “The old Taylor Swift can’t come to the phone right now” que é tão ridículo mas tão ridículo que a internet já está nos fazendo o favor de tornar isso um meme. Mas essa parte a gente pode ignorar por que o resto da letra tá bem escrita e conta uma história que a gente deveria pensar um pouco. Gosto muito de como o refrão reforça a ideia de que nós fizemos ela escrever aquela música, é uma metalinguagem muito bem aplicada.

Já o que não foi muito interessante foi o clipe dessa música. Assim, ele tá muito lindo, tá com umas metáforas muito bem pensadas, a produção do clipe é 10. Mas assim, o que Taylor tá querendo passar com aquilo é uma bela duma bosta e é basicamente um reforço daquela parte ridícula do “The old Taylor Swift is dead”, e a nova Taylor Swift seria uma badass bitch. Isso dá até mais desgosto de ouvir a música por que muda totalmente o enfoque da interpretação que eu falei ali em cima, eu só vi o clipe uma vez e nunca mais vejo por que não to afim de detestar uma música tão boa.

O lyric video faz um serviço muito mais bem feito pra o benefício de “Look What You Made Me Do”. Além dele ser muitissimo lindo, ele carrega muito bem essa atmosfera mais dark da música. Então é, assistam o lyric video e esqueçam do clipe. No mais, estou muito surpreso com o que Taylor trouxe.

KATY PERRY CONTINUA PASSANDO VERGONHA DEPOIS DO LANÇAMENTO DE WITNESS

Antes do Witness sair, a maior preocupação sobre a reputação de Katy Perry era a recepção de “Bon Appétit”, no mais a outra preocupação era o flop mesmo. Mas nossa, depois que aquele álbum saiu foi cagada atrás de cagada. Tá que ela revolucionou a industria da vida colocando Gretchen no lyric video de Swish Swish, mas ela não teve a mesma sorte com o clipe em si de Swish Swish.

Pra ser sincero, o video de Swish Swish tinha tudo pra dar certo e ser realmente toscamente engraçado. Mas não, eles conseguiram deixar o clipe muito bagunçado e tentaram enfiar goela a baixo uma tosquisse forçada que simplesmente não deu certo exatamente por ser forçada. Eu espero que essa galera possa entender que o tosco só é legal se acontecer naturalmente, e não tascando a porra do meme de Shooting Stars NA PRIMEIRA OPORTUNIDADE.

Mas enfim, Swish Swish continua sendo uma música legal.

LORDE SOLTA LIVES DE ALGUMAS MÚSICAS DO MELODRAMA E MOSTRA QUE TÁ PODENDO

O Melodrama é um álbum muito bom, então ver que a dona Lorde soltou uns vídeos no canal da Vevo dela com ela cantando live as músicas do álbum que não saiu como single até agora foi lindo.

Eu só to colocando isso aqui por que eu fiquei muitissimo surpreso com o delivery vocal da menina. Se tem uma coisa que eu andei percebendo esses ultimos tempos é que cantar bem não quer dizer dar high notes altissimos nem cantar num volume gigantesco. Coisas simples como essas que Lorde demonstra nesse vídeo mostram que cantar bem mais bem mais além disso. Tem todo o fator de ter um bom controle de voz, de colocar mais emoção nela, isso tudo deixa uma impressão muito forte na performance.

Você pode muito bem ouvir ao vivo alguém dando um high note e pensar “eita”, mas é com cantores que transmitem emoção com a sua voz que você sente algo, e é esse o ponto da música no fim das contas, não é?


E esse foi o meu primeiro MAIMON(th) aqui no blog. Como eu já disse, agora todo fim de mês eu vou tentar postar um desses pacotões aqui pra vocês, provavelmente saindo um pouquinho depois do mês já ter acabado.

Pra mim a qualidade das coisas do mês ficam nessa ordem:

O NOME DE OGU OGU > LOOK WHAT YOU MADE ME DO > LOVE CITY > GASHINA > LIVES DA LORDE > I LIKE IT > WE LIKE > MUSICAS DO SNSD > I DON’T LIKE YOUR GIRLFRIEND > HYUNA > SONAMOO > CLIPE DE SWISH SWISH

Essa ordem tá passível de mudar daqui pro fim do ano rçrçr

Então é isso aí pessoa, stay tunned no fim de setembro que lá a gente vai se ver com mais um pacotão desses aqui hehehe.

E se liguem lá no meu Twitter e na minha página do Facebook também em? Beijinhos ❤

.

.

the old MAIMYU can’t come to the phone right now. why? oh, cause he is SE ESFORÇANDO PRA FAZER POSTS POR MAIS QUE SEJAM MENSAIS

13 comentários em “MAIMON(th) #1: AGOSTO 2017 – Red Velvet, Lorde, 9MUSES, Taylor Swift e mais uma galera aí

    1. Eu tava até afim de falar da Kesha nesse post, mas como o principal que saiu dela em agosto foi o álbum eu preferi deixar pra falar dele depois em um dos dois tipos de review. E ainda to no processo de ouvir ele pra poder opinar sobre ele depois, então pode ficar tranquilo que ainda vai ter meus pitacos sobre o Rainbow provavelmente nesse mês hehehe.

      Curtir

  1. Katy desperdiçou uma chance tão grande com o clipe de Swish Swish. :c
    E acho que o que faltou pra Taylor foi pintar o cabelo de preto. Queria tanto isso. Ia assumir o visual de “persona non grata” de vez.
    Gostei do nome “MAIMON(th)”. c:

    Curtir

    1. Caramba, eu nem tinha parado pra pensar nisso de pintar o cabelo. Ia ser muito show e muito mais impactante que falar que a velha Taylor Swift está morta.
      Brigado pelo feedbaaackk ❤ Do jeito que tá acho que vou manter esse nome mesmo, por que eu to começando a gostar mais dele agora hehehe

      Curtir

  2. Adorei o pacotão e a capa💙
    Aproveitando que você falou de bastante coisa do mês de agosto, queria te perguntar se você chegou a ouvir isso aqui:

    Sério eu amei isso com todas as forças, talvez você não goste de primeira ( ou nunca haha) pois eu tinha odiado na primeira ouvida mas depois de umas três ouvidas e os “Angel” na cabeça eu me rendi, sério tá muito bom, a produção do vídeo também é ótima, a melhor delas até agora sem dúvidas nenhuma, recomendo assistir em resolução baixa dá uma nostalgia. Lauren é muita esperta de lançar um feat com Ariana Grande, Nicki Minaj e Beyoncé :DD

    Curtir

    1. Eu realmente não cheguei a ouvir essa música daí não hehehe, e isso é por que eu realmente tenho 0 interesse em ouvir coisas de Fifth Harmony só por eu não esperar nada muito impressivo vindo delas. Mas essa música aí realmente não é ruim não. De primeira ouvida eu não amei, mas achei bacana. Quem sabe eu não dê mais umas ouvidas aí pela frente?
      E fico feliz que tenha curtido o post ❤

      Curtir

  3. Aeeeeeee!!!
    Finalmente (tá pra nascer alguém que estivesse mais ansiosa pra esse post que eu kkkkkk)

    “é bonitinha bem bonitinha, mas como single isso não funcionaria nem com Davichi”
    ALGUÉM ME ENTENDE
    Eu ná tinha entendido os dois lados ‘eu amei isso mais que tudo’ vs ‘isso é a maioria escória, horrível e inaceitável do kpop’
    É uma música bonitinha
    E graças a ela eu já sei pra onde correr quando estiver com sono -n

    “(ISSO MESMO, VOCÊ AÍ QUE TA LENDO) dando um praise enorme pra essa música”
    É tudo culpa da morte de 2ne1 e 4minute, vai reclamar com a YG e Cube, pq eu tô aceitando qualquer coisa minimamente decente que fuja do aegyo fofo piro e virginal

    “Mas o álbum delas tem umas músicas bem bacanas tipo “Girls Are Back“”
    Gente, achei que só eu que tinha lembrado dessa música na vida
    Bom, saber que não estou sozinha
    Mas ainda prefiro Love is bitter

    “PRISTIN VOLTA E FALA A SÍLABA “DU” DIVERSAS VOZES”
    168, pra ser mais especifica, e não, eu não tenho vida
    Nem dignidade

    “Já o que não foi muito interessante foi o clipe dessa música”
    Agora aqui estou eu pra te decepcionar e dizer que amei esse clipe
    Maior prova de que ela não se leva a sério e tá afim de zoar com a própria cara mesmo
    Fora que eu acho toda essa zoação com a morte da old Taylor muito boa, porque o que eu mais vejo na internet é gente reclamando que sente falta da Taylor country, da Taylor isso e da Taylor aquilo
    Sendo que nada seria mais chato do que um artista que não se reinventa
    Eu já teria desistido dela a essa hora

    Eu não vi o clipe de Swish swish por motivos de ter odiado essa música
    Tem alguma melhor no álbum ou é tudo que nem os singles e melhor esperar a próxima era mesmo?

    Fora isso, só expressar o quanto concordo com:
    “cantar bem não quer dizer dar high notes altissimos nem cantar num volume gigantesco”
    E “tem todo o fator de ter um bom controle de voz, de colocar mais emoção”

    Esperando afetuosamente o próximo Maimon(th)
    Nome esse que adorei, aliás
    Queria ter essa criatividade pro meu

    Curtir

    1. Ai, fala que você tava ansiosa pra ler o post não que eu me derreto (⁄ ⁄•⁄ω⁄•⁄ ⁄)

      Pior que eu tava meio deslocado do cenário kapopeiro da vida que eu nem cheguei a ver o povo comentando a musica do CLC, só via mais o povo achando ruim mesmo. Vou ver se me aproximo mais aí nos próximos dias, to precisando me organizar @_@

      Eu sabia que VOCÊ estava dando praise pra essa música do Sonamoo!!! See me with them telepatia. Mas assim, realmente é difícil culpar por que a música não é ruim e tá na falta mesmo. Malditas empresas que não cuidam bem de seus integrantes!!!

      Do álbum do SNSD essa Love Is Bitter foi uma das que mais gostei também, se brincar é minha segunda favorita. Mas também eu nem parei pra ouvir muito por que não tava lá tão interessado depois de ouvir os singles, mas como era SNSD não tinha como eu deixar de ouvir.

      EU NÃO CREIO QUE TU CONTOU OS DUDUDUDUD DA MÚSICA AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
      Ou se não contou, que você conseguiu e lembrou da informação da quantidade de duudududs da musica. Mas eu não te culpo, eu gastei um minuto da minha vida vendo um vídeo com Dumb Dumb de Red Velvet acelerado que contava quantas vezes elas falavam Dumb. Eu posso não lembrar quantas vezes foram, mas eu sei que foram mais de cem.

      Rapaz, essa sua visão sobre o vídeo da Taylor é até mais interessante. Pra mim, como eu imagino que aquilo foi feito seriamente mesmo, achei péssimo e ridículo. Mas agora que tu disse que aquilo pode ser nada mais nada menos que um belo de um deboche as coisas ficam mais interessantes hehehe. Mas sei lá, ainda não consigo trazer isso pra a minha interpretação das coisas.
      E assim, eu amei muito uma parte desse clipe também, o problema mesmo foi essa interpretação que eu disse que estragou tudo pra mim.

      Olhe, música do Witness é hit ou miss. Tenta seguir essa ordem de ouvidas: Roulette > Deja Vu > Mind Maze > Power > Tsunami > Pendulum. Se você não aguentar mais, aí desiste mesmo e deixa pra lá, mas acho que essas são as músicas mais aproveitáveis desse álbum. Roulette mesmo eu demorei pra começar a gostar.

      É triste que muitos cantores que performam muito bem passam despercebidos por que a galera da mais atenção as high notes né? Antes eu era assim também, mas com o tempo eu fui percebendo que não era nem nada muito bonito nem impressivo e que eu curtia muito mais uma voz estável e limpinha do que gritos. Vê só esse cara aqui:

      Fico muito feliz que tenha curtido o nome e que você já vai ficar tunned pro próximo pacotão, valeuzão pelo apoio ❤
      E menine, essas criatividade bate assim de repente só quando ela quer surgir mesmo. Espera só que você vai ver.

      Curtir

      1. Ancobdjdbdjdidid
        Agora eu tô sem saber o que dizer pra essa resposta kkkkkkk

        Ah, é que eu não tenho muita vida social
        Ai eu vejo muita coisa
        É só por isso mesmo
        Eu tenho bastante tempo pra ler comentários

        Olha, mas a telepatia tá apurada mesmo, hein?
        Bem que quando eu li, parecia que essa parte tava falando DIRETO COMIGO
        E bem, das empresas eu nem espero mais nada
        Já tive decepções por demais

        É que eu gostei dos singles cnifbrjfjdi
        Pra mim foi mais organizado nessa parte
        Mas parece que temos gostos bem parecidos então ‘o’

        Eu vi um vídeo exatamente desse tipo pra contar os du
        Não que eu não contaria manualmente ajsbfjebjcjilal
        Mas o mais surpreendente aqui é eu lembrar de alguma coisa, não acontece com muita frequência

        Ah, então
        É eu eu interpreto clipe e mv tudo muito separadamente do artista
        Tipo, como se fosse um personagem mesmo
        Tanto que eu não estranho em mudanças bruscas de conceito por isso
        Ai, pra ler é sempre algo dista de seriedade
        Não sei se fez muito sentido mas é

        Okay, tentarei essas
        Se não funcionar eu ouço os álbuns antigos mesmos choro pelo leite derramado

        Acho que todo mundo pensou assim em algum momento
        É meio que algo que a sociedade encuca na gente
        E com o tempo é que bamos percebendo que não é bem assim
        E aaaaaaaaa
        Esse cara >>>> todos aqueles que cantam tecnicamente perfeitos mas com a emoção de um robo

        Ah, de nada anjcbdjdbdjd ❤
        Esperando calmamente que ela suja aqui
        Veremos

        Curtido por 1 pessoa

  4. Ai Ramão, eu acho a Taylor zzzzz demais e tentei a todo custo resistir a LWYMMD, mas achei tão boa aaaaa e o clipe achei icônico também, apesar de bem toscão em alguns trechos. E falando em toscão, achei o mesmo de Swish Swish, a parte de Shooting Stars foi engraçada mas aleatória demais

    De resto, eu acho que gostei de quase tudo que tá no pacotão, só a do Red Velvet que ouvi só 2 vezes e nem lembro como soa, hihi

    Curtir

    1. Gente mas que ódio todo com a dona Taylor é essa? Tá que ela é blasé mas n sei por que tanta chatiação com a moça.
      Gente essa musica do Red Velvet nem do Red Velvet é, é um cover aí duma música antiga hehehe. Mas eu não odeio ela não, acho normal.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s