Lorde cansou de ser só gótica e agora quer ser gótica na balada. Não é que isso deu certo?

Depois de eu ter tirado uma folguinha aqui do blog (ABAIXA ESSE MACHADO E ESSAS TOCHAS AÍ QUE A FOLGUINHA FOI NECESSARIA TABOM? NÃO PRECISA DE RAIVA), cá estou eu de volta em mais um de meus comebacks. E vão se acostumando com esse meu vai e vem se vocês já não se acostumaram. rçrçr

Nesse meio tempo a nossa queridíssima Lorde surgiu depois de passar uns anos curtindo a sua farta vidinha pós-estouro no pop, e isso tem um TWIST. Lorde não quis voltar emo gótica trevosa como a conhecemos, mas sim emo gótica trevosa que começou a ouvir EDM e que agora vai pra balada. E no que isso deu?

Rapaz, deu numa música bem boa da Lorde.

Confissões MAIMYU da Silva que irão chocar todos aqueles que já pediram a papelada pra se casar com Green Light assim que a ouviram pela primeira vez: quando eu ouvi isso aqui pela primeira vez, achei a música bem chatinha e ficava com preguiça de escutar isso por mais de 1 minuto. E não é por pouco, essa faixa tem um começo muito lento e demora um tempasso pra engrenar. Mas quando engrena meus amores, as coisas ficam maravilhosas.

E eu acho que o motivo de Green Light ter sido tão bom é o feel que o refrão música tem, super gostosinho, que faz a gente ter vontade de se libertar das amarras sociais e sair por aí fazendo alguma variação da Dancinha Estranha de Humanas™ patenteada por Lorde e compania:

Resultado de imagem para lorde dancing gif

Resultado de imagem para aurora aksnes dancing gif

Resultado de imagem para chvrches lauren dancing gif

Até o clipe entende esse fator da música e usa isso sempre colocando Lorde pra dançar bem loca no refrão.

Olha aí a Dancinha Estranha de Humanas (TM)

E honestamente, por mais que os versos de Green Light sejam monótomos (principalmente no início), a música inteira vale só por esse momento do refrão. Só ele já faz a pessoa ter vontade de ouvir Green Light num loop infinito até o álbum completo sair, pra aí ouvirmos o álbum completo num loop infinito.

Então sim, essa Lorde emo gótica trevosa que agora toma skol beats com seus amiguinhos toda sexta a noite funcionou perfeitamente bem. Conseguiram fazer com que Lorde soasse bem numa faixa pop ainda mantendo aquela vibe mais contida dela, o que não ficou estranho ou sem coesão nenhuma (cof cof), o que já dá um ponto positivíssimo pra a volta da nossa Lordinha. Vamos torcer pra que ela seja uma artista que sempre busca renovar o seu som de forma coesa (impossível eu não fazer uma leve citaçãozinha a Marina and the Diamonds agora rçrçrç).

E as coisas boas não param por aí. Ainda temos essa coisa LINDA como capa do single dela:

Resultado de imagem para lorde green light single capa

EXPRESSIONISMO FTW!!1!!!!11!

Eu amo muito quando nossos cantores pop se inspiram em arte pra fazer as coisas deles. E aqui eu ainda sofro o efeito biased por eu amar as Vanguardas Europeias. Espero que Lorde continue trazendo expressionismo nas artes do álbum que tá por vir, que seria uma puta duma forma de manter consistência de imagem.

E não sei se isso sou eu vendo coisas demais, mas vocês sentiram que o clipe usava a ideia do Impressionismo pelas imagens estarem meio que com uns pontinhos? Meio desfocada? Meio SEI LÁ COMO EU DEFINO ISSO???

Resultado de imagem para impressionismo
Enfim, isso deve ser efeito de droga estragada. Tava ouvindo o Flume esses dias, sabe como é.

Mas tá, um resumo: Green Light foi super competente na proposta de dar um som pop pra Lorde. Os versos são bem monótomos e arrastados, mas o refrão consegue compensar bem isso daí graças a sua vibe super animada que te faz se sentir livre pra sair dançando por aí como o real aluno de humanas que você é. E Lorde conseguiu se adaptar bem a esse pop sem perder sua identidade sóbria emo e gótica. Pra mim isso já tá ótimo.

Se eu vou esperar pelo novo álbum de Lorde, aka Melodrama??? ESTAREI ESPERANDO COM FORÇA, VIGOR E DISPOSIÇÃO. VEM QUE É TUA LORDINHA!1!!!1!!! E vê se não decepciona!

e notinha para os interessados: vou tentar compensar a minha falta postando com uma frequência grande nessa semana. NÃO PROMETO NADA, mas fiquem ligados çrçrçr

5 comentários em “Lorde cansou de ser só gótica e agora quer ser gótica na balada. Não é que isso deu certo?

  1. Por que diabos a capa do single não é verde? Isso é agoniante. Mas enfim.

    Eu fiquei bem animado pra isso ai, tipo, MUITO (acho que eu não me animava com algo do ocidente desde o Froot), e acho que Green Light até deu pra compensar os 3 anos que a Lorde passou no estúdio (iconic), mesmo sendo meio monótona eu gostei logo de cara, só o clipe que achei meio nhé (tirando a dancinha de humanas, não tem mais nada UAU). Mas quero logo esse álbum

    Curtir

    1. Pior que você tem razão, a capa podia ser verdinha mesmo hehehe. Mas nem me importo quando temos essa arte lindíssima.

      Vamos ficar no aguardo pra as próximas músicas de dona Lorde pra ver se vai ter coisa tão boa quanto Green Light. Já pensou se isso daí é só um esquenta no quesito qualidade pra as próximas músicas??? Vai rolar altos infartos.

      E o clipe bem qualquer coisa mesmo, mas eu nem ligo muito pra clipes ocidentais, ainda mais quando se tem uma música boa dessas hehehe.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s