MELHORES DO ANO 2016: TOP 20 MÚSICAS DO OCIDENTE (PARTE 2 DE 2; 10~01)

E cá está a última parte do Melhores do Ano do Ocidente. A decisiva hora onde as divas pop irão se enfrentar em busca da conquista de melhor faixa de cantora pop do ano.

Será que a sua favorita irá entrar no TOP3??? Descubra apertando no “LEIA MAIS” ali em baixo. e essa foi a minha tentativa de fazer suspense

E não esquece de dar uma ouvida aqui pra playlistzinha que preparei pra o final desse TOP 20, também não esqueça de estar logado no 8tracks pra poder a ouvir.


10º LUGAR

LADY GAGA – JOHN WAYNE

Resultado de imagem para LADY GAGA JOHN WAYNE

E logo de primeira roda a dona Gaga. Mas pelo amor de deus, não achem que isso é demérito da música, ela está no TOP 10 por um bom motivo.

Saída direto do ótimo Joanne, John Wayne é uma música curta, e não é de mais que 2 minutos e 55 segundos que ela precisa pra ser extremamente energética e efetiva.

O maior destaque da música fica no ótimo refrão que soa como aqueles eletrônicos alternativos, mas que, por algum motivo, é diferente de outras coisas que eu tenha ouvido no decorrer do ano. Além de que ele é um dos grandes responsáveis pela faixa soar tão cheia de energia como soa.

9º LUGAR

KERLI – FERAL HEARTS

Resultado de imagem para kerli feral hearts SINGLE cover

Mais uma das gratas surpresas que tivemos nesse 2016 foi a volta de Kerli. E pense numa volta boa.

Ela voltou toda repaginada, deixando pra trás aquele som bem pop que carregava em suas músicas pra trazer mais identidade à seu som. E dentre as 3 músicas que Kerli preparou pra esse 2016, a melhor é, de longe, Feral Hearts.

Ela é uma música linda que abusa de sons orquestrais em seu instrumental e que tem como chave a forma como envolve o ouvinte grandiosamente com a sua atmosfera belíssima.

Fica aqui uma das melhores músicas da carreira de Kerli.

8º LUGAR

BEYONCÉ – FORMATION

Resultado de imagem para BEYONCÉ LEMONADE

Já estou no aguardo de vocês bolados nos comentários por essa música não estar no TOP 3 e por ter sido BARRADA do mérito de melhor música de cantora pop de 2016, mas enfim.

Esse foi o ano em que Beyoncé decidiu quebrar a internet com o surgimento do Lemonade, que gerou comoções pela internet seja pelo amor que muita gente sentiu pelo álbum, seja pelas discussões a cerca da representação do movimento negro dentro do Lemonade ou seja pelas polêmicas que certas Beckys causaram.

O maior destaque desse álbum fica com Formation, uma música bem direto ao ponto mas cheia de atitude que traz todo esse sentimento de confiança em qualquer um que a ouça. Não vai me dizer que você não sente que você SLAY sempre que toca Formation?

7º LUGAR

BRITNEY SPEARS – CLUMSY

Resultado de imagem para BRITNEY SPEARS CLUMSY

Já estou no aguardo de vocês bolados nos comentários por essa música estar na frente de Formation. MAS EU NÃO POSSO FAZER NADA SE CLUMSY É MARAVILHOSAAAAAAAA.

Meu deus gente, essa aqui é outra trasheira ótima que nem Naughty. A diferença é que Clumsy não chega a ser tão trash quanto Naughty.

Digo que isso aqui é uma trasheira por que é visível que essa música tem uns problemas aqui e acolá na produção (tipo aquele again and again and again antes do último refrão).

Mas sabe quem se importa com isso? NÃO SOU EU. Porque esses probleminhas não conseguem ser o suficiente pra desbancar a música. Eles até se tornam um charme a mais pra Clumsy: é como se você soubesse que a música realmente não se leva tão a sério, então você não precisa levar ela tão a sério, e com isso tudo fica muito mais descompromissado e divertido.

Clumsy é uma faixa muito direto ao ponto. Ela não tem pretensão de ser a melhor coisa do mundo, mas ela consegue ser uma faixa maravilhosamente divertida ao ponto de realmente chegar a ser a melhor coisa do mundo.

Os versos são maravilhosos, o pré-refrão é maravilhoso, o OOPS antes do refrão é maravilhoso, o refrão com aquele eletrônico tosquíssimo é maravilhoso. É TUDO MARAVILHOSO E EXTREMAMENTE DIVERTIDO, AGORA SÓ BASTA ACEITAR BEYHIVES.

6º LUGAR

ARIANA GRANDE – JASON’S SONG (GAVE IT AWAY)

Resultado de imagem para ARIANA GRANDE DANGEROUS WOMANEsse foi o ano em que Ariana Grande decidiu chocar todos ao abandonar aquela imagem puritana que tinha no passado pra se tornar a Mulher ~Perigosa~.

Uma pena que ninguém se importou com esse detalhe por que não estamos mais em 2000 e não tem se quer uma pessoa que se importe com essa mudança de imagem desde que Britney e Christina Aguilera fizeram isso. Mas ok, deixando isso de lado, vamos falar da música da Mulher Perigosinha.

Dentre as faixas do tão amado (não por mim) Dangerous Woman, a que mais se destaca é uma música que está bem escondidinha na versão Deluxe do Target do álbum, e é uma puta duma música.

Toda a força da faixa está nos vocais de Ariana, que é o destaque da música. As várias high notes que ela dá são o maior charme de Jason’s Song, e isso é por eles trazerem uma energia ímpar à canção. Cada urro que a moça perigosa faz, é uma recarregada na minha alma.

Por mais que eu quisesse muito que Clumsy estivesse aqui nessa posição, é inegável que o real posto de melhor música de cantora pop de 2016 vai pra a Jovenzinha Perigosa com Jason’s Song (Gave It Away).

Aproposito, já viram o cosplay de Dangerous Woman que Poppy, aquela YouTuber estranha, fez? Agora é só escolher who wore it better (obviamente foi a Poppy).

5º LUGAR

FRANK OCEAN – PINK + WHITE

Resultado de imagem para FRANK OCEAN BLONDE

Já havia ouvido falar daquele Channel Orange, álbum muito bem falado de Frank Ocean, o que aguçou a minha curiosidade com o cara. E como esse ano saiu um novo álbum dele, Blonde, decidi dar uma ouvida no danado.

E, por mais que esse álbum seja uma merda, uma das faixas dele me chamaram muito a atenção por ser simples, calma e belíssima.

Pink + White consegue ser uma música muito boa graças à atmosfera extremamente envolvente que traz consigo.

Esse aqui é um daqueles casos que é difícil descrever o motivo da música ser tão boa por ela ser extremamente simples. Então fica pra vocês o papel se ouvir e entender o motivo dela estar aqui na 5ª posição.

4º LUGAR

CHAIRLIFT – CH-CHING

Resultado de imagem para CHAIRLIFT MOTH

Essa aqui foi uma das surpresas do meu 2016. Eu não fazia ideia que iria esbarrar com algo como Chairlift. Mas esbarrei, e foi maravilhoso.

Dentre as faixas do ótimo álbum Moth, o maior destaque é Ch-ching.

Ela é uma música animada que envolve e te faz ter vontade de sair dançando por aí não por ter sick beats que você encontra em qualquer música de balada, mas sim por ser uma música com uma vibe alto-astral muito bem feita que é de animar qualquer um que à ouça. E vale ressaltar que a música é assim do início ao fim, e não só no refrão quando a beat dropa.

Esse aqui foi o auge das músicas up-tempo de 2016. O que é até estranho, por que a música parece ser tão comum, mas mesmo assim soa tão maravilhosa que conseguiu cair aqui nessa 4ª posição.

3º LUGAR

FLORENCE + THE MACHINE – TOO MUCH IS NEVER ENOUGH

Resultado de imagem para FLORENCE + THE MACHINE FINAL FANTASY

Se tinha uma coisa que eu não tava esperando nem um pouco, era Florence + The Machine fazer três músicas pra a trilha sonora de Final Fantasy XV.

E dessas três, o destaque fica com Too Much Is Never Enough. Uma música linda, épica, extremamente envolvente e cheia de sentimento de esperança. Parece ser uma música que tocaria nos créditos finais de um filme que termina lindamente bem.

Como não poderia deixar de ser, os vocais de Florence ajudam muito essa música a ser o que é, tanto pela beleza deles quanto pela potência da voz dessa mulher.

Os melhores momentos de Too Much Is Never Enough são o pré-refrão, onde Florence vai aumentando gradativamente as high notes que canta até explodir num vozeirão maravilhoso, e a bridge, que traz o clímax de todo esse sentimento de esperança. Quando chega na bridge você já tá assim:

 

esperançoso.jpg

(tô falando sério)

2º LUGAR

LINDSEY STIRLING – THE PHOENIX

Resultado de imagem para lindsey stirling brave enough

Como não podia deixar de ser, Lindsey Stirling trouxe uma das melhores músicas do ano.

Lindsey nos abençoou com o MARAVILHOSO Brave Enough nesse 2016 (aquele álbum lá que eu falei que iria fazer Review e até agora não fiz, provando que eu tenho sangue da YG correndo em minhas veias), trazendo junto dele The Phoenix.

The Phoenix é uma música que começa lindamente branda, mas que nos pega desprevenidos ao ir crescendo cada vez mais até chegar num explosivo refrão. E quando eu falo explosivo, eu estou falando EXPLOSIVO. Essa definição é perfeita pra ser usada com The Phoenix pelo refrão dela ser o mais explosivo do ano.

A construção da música foi muito bem escolhida por Lindsey, já que ela queria transmitir a ideia de uma fênix ressurgindo as cinzas com The Phoenix. E não foi só muito bem escolhida, mas também muito bem realizada. Seria muito fácil dar uma merda muito grande com essa música, já que essas junções de duas partes antagônicas em uma música usualmente dá bem errado (vide a reação das pessoas com Hate, de 4minute). Mas aqui as coisas funcionaram perfeitamente bem por esses duas partes terem se encaixado bem, e também pelas duas partes serem maravilhosas, o que resultou numa música incrível.

Assim, entra mais uma música pra a coleção de músicas maravilhosas de Lindsey.

Como não amar essa mulher gente? Sério, ela não cansa de lançar música boa. Não cansa.

1º LUGAR

DARK SARAH – AQUARIUM (FEAT. CHARLOTTE WESSELS)

Resultado de imagem para dark sarah the puzzle

Pois é pessoal. Quem tombou não só a sua favorita mas também a minha favorita do primeiro lugar desse TOP foi uma banda de Metal finlandesa que você nem sabia que existia. Mas enxugue essas lágrimas e da o play em Aquarium que tudo vai passar a fazer sentido.

Ouvir Aquarium é uma aventura completa. Isso por conta dos vários momentos que a música possui. Hora ela tá pesada cheia das guitarra com um vocal mais agressivo, hora ela tá com um instrumental totalmente orquestral junto de um vocal doce e lindo, hora ela tá com uma mistura desses dois momentos. Isso resultou numa música com diversos momentos de clímax. Quando você acha que o clímax passou, aparece outro, estando o melhor de todos eles no final da faixa (que não é só o melhor clímax de Aquarium, mas também é o melhor clímax dentro de música do ano), fechando-a com chave de ouro.

O grande triunfo de Aquarium não é simplesmente toda essa intercalação ter dado certo, mas também o fato de todos esses momentos serem incríveis de se ouvir. Além de que música é extremamente imersiva, tem uma atmosfera fenomenal e traz um misto de sensações que é único. Isso tudo entregue à nós num ótimo estilo de música que a gente mal vê por aí (essa foi a primeira vez que encontrei algo nesse estilo sendo vendido como conceito de um álbum).

E por ter conquistado fatores que nossas favoritas nem sonhavam em conquistar, Aquarium merece estar aqui como a melhor música de 2016.

e desculpa o vídeo feio ali em cima. é que a dark sarah tava com o orçamento puxado, pelo jeito.


E esse aqui foi o fim do TOP20 do Ocidente. Curtiram as músicas? Deixa aí nos comentários a sua opinião e o sua insatisfação por Formation não estar em primeiro lugar (mas tá COMPLETAMENTE JUSTIFICADO o porquê dele estar na posição que está, ok?).

Logo logo estarei aí com o TOP 30 da Coreia pra fechar esse Melhores de 2016, então fiquem ligados que isso aqui ainda não acabou.

PRIMEIRA PARTE DO TOP 30 DA COREIA

13 comentários em “MELHORES DO ANO 2016: TOP 20 MÚSICAS DO OCIDENTE (PARTE 2 DE 2; 10~01)

  1. Rapaz, essa parte da lista tá mais mainstream que a outra e curiosamente eu conhecia mais coisas da 1°.
    Da Kerli eu obviamente já tinha ouvido, e Feral Hearts é maravilhosa mesmo. Não é minha favorita dos 3 singles (com meu espírito de farofeiro você já deve imaginar qual é), mas esse som e t h e r e a l cai muito bem nela.
    Essa da Britney é tão sei lá, mas ao mesmo tempo tão boa… não sei o que dizer, mas é boa e com mais umas ouvidas eu vou estar por ai ralando com Clumsy.
    O Brave Enough todo é bem bom mesmo, Phoenix é maravilhosa e mais do que merecido ela estar aqui, hihi.
    Eu acabei ouvindo Aquarium depois daquele post falando sobre Dark Sarah. Não curto muito metal, mas ela é ótima, a voz da moça é linda demais

    Aliás, queria ter sido mais prático igual você, porque tô penando pra postar o meu x-x

    Curtir

    1. TÁ TODO INDIE CONCEITUAL O GAROTO. Gostei de ver.

      Tu curtisse mais Diamond Hard?? Tu acredita que ela foi a que menos gostei? E isso foi só por que achei o refrão meio ruim. Ele é muito vazio, sei lá. Mas os versos dessa música são maravilhosos, e tava esperando que eu fosse amar a música por conta deles. Acabou que eu quebrei a cara @_@. Mas ainda assim eu consigo ouvir Diamond Hard e curtir ela.

      Da primeira vez que eu ouvi Clumsy, eu fiquei meio assim também xD. Achei a música meio legal, mas também meio estranha, o que deu num troço meh. Mas com o passar do tempo eu fui ouvindo mais e a música foi crescendo até cair nesse 7º lugar.

      MAIS UM OUVIDOR DE BRAVE ENOUGH. MUITO QUE BEM, RAPAZ. Eu fiquei surpreso com tu acertando o Brave Enough lá naquela foto do Twitter. Primeiro que eu nem sabia que tu conhecia esse álbum da Lindsey, e segundo que o borrão no Brave Enough deixou a capa do álbum quase impossível de acertar (pelo menos ao meu ver). Só não era mais difícil que a capa de Die Antwoord.

      Eu também não sou o maior apreciador de Metal. Dark Sarah foi uma das poucas bandas de Metal que conseguiram me conquistar (fora ela, só consigo me lembrar de Apocalyptica, e isso por que é metal ~sinfônico~ e mesmo assim não conheço muitas coisas deles). E no fim das contas eu fiquei apaixonado pelas músicas dela, como você pode ter percebido xD. Fico feliz que tu tenha curtido também. ❤

      Tu tá penando pra ir postando os teus tops? Irei revelar que eu ainda não escrevi os meus tops de kpop e que planejo postar amanhã. Então eu estou começando a penar também. xD

      Curtir

      1. Foi ela mesmo, ashaushuas. Eu curti por ser bem diferente do que ela fez, já que nem a Kerli gótica suave do Love Is Dead nem a Kerli do EDM utópico do Utopia (há) fizeram algo assim.
        Ah, eu já vi tanto a capa desse álbum nas minhas ouvidas que devo ter memorizado, hihi.
        Eita, então boa sorte ai, rapaz. Eu preciso escrever as duas últimas partes, mas geralmente faço isso na hora que vou postar.

        Curtir

    1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, EU IMAGINO VOCÊ TODA ESPERANÇOSA VENDO QUE LINDSEY NÃO TAVA SENDO BARRADA ATÉ TER DADO DE CARA COM ELA BATENDO NA TRAVE NA SEGUNDA POSIÇÃO. Ai ai, e eu nem te culpo. Se fosse eu no seu lugar, ficaria bolado também.

      Mas olhe, a culpa disso ter acontecido é de Aquarium por ser fenomenal. Serião, eu não estaria colocando ela em primeiro lugar no lugar de The Phoenix se ela não fosse realmente melhor que The Phoenix.

      Curtir

    1. E se eu te falar que aquelas músicas que tu supôs no twitter eu nem tinha chegado a ouvir? HEHEHE

      Jason’s Song maravilhosíssima ❤ Fiquei em dúvida entre ela e Touch It, mas foi só ouvir algumas vezes essas duas pra ficar claro que Gave It Away é bem mais impactante.

      E QUERO UMA DISSERTAÇÃO SUA SOBRE A MÚSICA DE LINDSEY E DE DARK SARAH. Além de que eu quero saber se tu chegou a conhecer alguma coisa nova aí.

      Curtir

    1. Gostei de verrrrrrr. Cê conhecia até The Phoenix. ❤ Tu chegou a ouvir a música de Lindsey como? Chegou a curtir Chairlift? E esperando saber o que você acha de Aquarium. Eu fico curioso sobre a opinião dos outros sobre as músicas da dona Dark Sarah por ser uma coisa bem diferente do que falo por aqui no blog.

      E eu achei essa música legal sim, mas não o suficiente pra eu colocar aqui no meu TOP 20. Nem cheguei a baixar ela @_@. E esse vídeo ficou glorioso. Fala sério, as Vanguardas Europeias sendo representadas aí foi fenomenal (amo as vanguardas) ❤

      Curtir

      1. Conheci Lindsey pelo tema do filme “Pete’s Dragon”:

        Aquarium conheci por sua causa mesmo, ahusahsuas, mas não imaginei que a colocaria no Top 1. Eu gostei bastante pelo clima de metal nórdico e os vocais que parecem saídos de um new age. Parecem aquelas músicas de divulgação de mmos, tipo Warcraft, Lineage.

        Chairlift eu gostei, mas menos das outras que me apresentaste na parte 1. Sou mais Banks, hahaha.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s