MELHORES DO ANO 2016: TOP 20 MÚSICAS DO OCIDENTE (PARTE 1 DE 2; 20~11)

Depois de ter trazido o TOP 10 do Japão, é hora de continuar a seleção de melhores músicas do ano com nada mais nada menos que o Ocidente.

Esse ano, especialmente dentro do Pop, saiu muita coisa interessante. E isso é tudo o que eu consigo falar pra introduzir esse post, desculpa.

Sem muitas delongas, vamo lá pra o começo desse TOP 20. E não se esqueçam de logar no 8tracks e de ir lendo o post enquanto ouve a playlistzinha aí de baixo:

20º LUGAR

SOLANGE – DON’T TOUCH MY HAIR

Resultado de imagem para SOLANGE A SEAT AT THE TABLE

Depois de ter brigado com Jay-Z na frente de Beyoncé e de UMA CÂMERA DE ELEVADOR (e, consequentemente, na frente de metade da população mundial), Solange resolveu dar continuidade à sua carreira musical.

Ela não deve ter se arrependido nem um pouco dessa decisão, já que o seu álbum, A Seat At The Table, foi aclamadíssimo pela crítica. E não é por menos. O álbum é muito bem feito e justifica todo esse amor, por mais que as faixas percam força quando ouvidas individualmente.

Mas, mesmo com essa perda de força, Don’t Touch My Hair ainda consegue se sobressair quando ouvida à parte. Ela é uma música muitíssimo minimalista tanto no instrumental quanto nos vocais, e esse acaba sendo o grande charme da faixa por trazer uma vibe bem calminha e gostosinha ao ouvinte.

19º LUGAR

BANKS – GEMINI FEED

Resultado de imagem para BANKS THE ALTAR

Antes de tudo, NÃO SE ASSUSTEM COM ESSA IMAGEM HORRÍVEL DO VÍDEO AÍ DE CIMA. Pode dar play sem medo.

Esse foi o ano que BANKS, voltou com seu segundo álbum. E como eu sempre tive curiosidade pra ouvir as músicas dela, aproveitei a oportunidade e fui ouvir The Altar.

Nessa brincadeira eu acabei esbarrando com Gemini Feed, uma ótima música que é daquelas que você não pode falar se gostou ou não antes de ouvi-la inteira. Isso por que o trunfo da faixa é a ótima forma como ela vai crescendo até explodir completamente no último refrão.

 18º LUGAR

DIE ANTWOORD – BANANA BRAIN

Resultado de imagem para die antwoord mount ninji

(Diga-se de passagem que esse clipe aí não é dos mais puros, então estejam avisados. E se quiser ir direto pra a música, pula o vídeo pra 1:05)

COMO EU AMO ESSES DOIS ❤

Sério, Die Antwoord é uma dupla maravilhosa pra qualquer bom apreciador de farofonas, assim como eu.

A volta deles em 2016 trouxe um álbum bem meh, mas em compensação também trouxe a ótima Banana Brain. Um EDMzão que é a cara desse duo.

Com um refrão maravilhoso que brilha graças às frases sussurradas pela voz extremamente fina de Yolandi e ao instrumental que parece ter saído de algum jogo de luta, essa música consegue ser um dos grandes destaques da carreira de Die Antwoord. Por mais que os primeiros versos de Ninja (o nome artístico desse cara é Ninja, pois é) não sejam lá tão estimulantes, Yolandi e o refrão conseguem elevar muito o nível da música.

17º LUGAR

ZAYN – REAR VIEW

Resultado de imagem para zayn mind of mine

2016 foi um ano de grandes tristezas para muitos. Por exemplo, as Directioners ficaram bem tristes por que tiveram que ver o Zayn saindo do One Direction (PFFFFF, amadoras).

Mas  M E  P O U P E  DESSAS DIRECIONERS.

melhor decisão da vida de Zayn foi ter saído do One Direction. E isso tá diretamente ligado com o fato do álbum de debut dele, Mind Of Mine, ter sido bem acima da média e ter tido ótimas músicas.

O maior destaque do CD foi a música que tá aí em cima, rEaR vIeW, qUe TeM uMa ViBe SeReNa MuItO GoStOsInHa. O instrumental super simples foi primordial pra dar essa vibe à música. Destaque pra a bridge que consegue trazer mais emoção à música.

16º LUGAR

RIHANNA – KISS IT BETTER

Resultado de imagem para RIHANNA ANTI

Outra das gloriosas voltas que tivemos nesse ano foi a da maravilhosa Rihanninha, que tinha dado uma sumida por um bom tempo pra desmistificar aquela história de que ela lançaria álbum todo ano (provavelmente ela ficou com medo que isso virasse um meme, o que com certeza ia acontecer nesse dois mil e memeseis se ela não tivesse sumido).

E o maior destaque dessa volta não foi Work e nem foi aquela Love On The Brain (gente, plmdd, essa música não tem nada de especial e a Rihanna parece ter gravado ela depois de ter tomado umas), e sim Kiss It Better.

 A música carrega uma atmosfera muito deliciosa que se mantém constante por toda a faixa e que é maravilhosa de se acompanhar. Todas essas guitarrinhas são gloriosas, não vai dizer.

15º LUGAR

FAR EAST MOVEMENT- DON’T SPEAK (FEAT. TIFFANY & KING CHAIN)

Resultado de imagem para FAR EAST MOVEMENT IDENTITY

Não, isso aqui não é k-pop só por ter Tiffany na música.

Dito isso, tenho que falar que eu só fui dar importância à essa música quando o clipe saiu. E que bom que eu pude dar importância à ela.

Os versos e pré-refrão são muito bons e funcionam perfeitamente pra te preparar pra o refrão que está por vir. E é aí que está o destaque da música, na forma como ela cresce até chegar ao refrão e no refrão. Todo esse instrumental eletrônico que soa alternativo ficou muito boa e funcionou perfeitamente bem.

E olhe, que musiquinha viciante da mulesta. Eu acho que ela é viciante assim pela falta de uma bridge. Graças a essa falta, a gente não se sente 100% saciado ouvindo a música completa uma só vez (ela soa incompleta), e busca ouvir ela mais e mais vezes tentando nos saciar. Não me surpreenderia se Don’t Speak aparecesse no TOP 10 da Billboard por um bom tempo só pelo fator replay.

14º LUGAR

GWEN STEFANI – NAUGHTY

Resultado de imagem para GWEN STEFANI THIS IS WHAT THE TRUTH FEELS LIKE

MAS QUE TRASHEIRA MARAVILHOSA ❤

Eu admito que essa música aqui é tosca. Ela tentou acontecer tanto, mas tanto, mas tanto, que no fim das contas ela conseguir acontecer mesmo, por mais que tenha as suas falhas.

Os versos e o pré-refrão de Naughty são maravilhosos, eles carregam a música e conseguem à tornar muito boa, por mais que o refrão dela não consiga ser tão bom quanto essas outras partes.

É como se eles tivessem invertido os papeis do refrão e do pré-refrão. Em Naughty, o pré-refrão é o clímax da música, enquanto o refrão é o momento pra a gente dar uma freada. E por mais incrível que pareça, eles conseguiram fazer isso dar certo.

13º LUGAR

 ALLIE X – OLD HABITS DIE HARD

Resultado de imagem para ALLIE X OLD HABITS DIE HARD

Ah, Allie X. ❤

Allie X, aquela lá que participou da produção do Blue Neighbourhood, tem uma carreira solo que não é muita gente que conhece. O que é uma pena, por que vez ou outra ela lança umas músicas maravilhosas.

A música do ano de Allie foi essa Old Habits Die Hard. Um Synth-Pop quase doce e muito bem feito. A música é recheado de elementos simples no instrumental que acabam formando um aglomerado de sons que agrega demais à música.

O melhor de Old Habits Die Hard  é a forma como ela vai ganhando força no decorrer da faixa até explodir no seu último refrão, cheio de gritos abafados maravilhosos da nossa Alliezinha.

12º LUGAR

SIA – MOVE YOUR BODY

Resultado de imagem para SIA THIS IS ACTING COVER

Ano passado foi o ano em que Sia, depois de 16 anos de carreira, emplacou nas rádios com Chandelier. E como a mulher não é besta nem nada, já foi lançando outro álbum esse ano pra não perder o pico.

Dentro do This Is Acting, uma música que tem muita força é Move Your Body. Ela é uma up-tempo que soa o mais próximo de algo que Sia lançaria como farofão.

É até uma surpresa a Sia ter lançado uma faixa como essa, por que não parece ser lá muito a cara dela (ao meu ver) estar fazendo músicas feitas pra que nós mechamos nossos corpos. Mas mesmo assim a música funciona muito bem. E vale ressaltar que os vocais de Sia na música soaram muito bem e deram um tcham à mais pra Move Your Body.

11º LUGAR

ALESSIA CARA – WILD THINGS

Resultado de imagem para ALESSIA CARA KNOW IT ALL

(Pula pra 0:18 se quiser ouvir a música)

Alessia Cara foi uma grata duma surpresa pra mim. Conheci a criatura com essa música aí de cima, e que ótima maneira de conhecer essa mulher.

Dentro de todas as faixas do Know-It-All, álbum de Debut de Alessia, o maior destaque é Wild Things.

Além de ser a música que mais aproveita a MARAVILHOSA voz da cantora (os vocais dela não soam tão maravilhosos em nenhuma outra música daquele álbum), ela inteira tem uma atmosfera muito envolvente e gostosíssima. É perfeita pra tocar naquele momento em que se está entre amigos, com todo mundo refletindo sobre alguma coisa aí.

E não vamos ignorar os maravilhosos AIAIAIAI do refrão disso daí.


Curtiram as músicas dessa primeira parte? Comenta aí embaixo que eu to afim de saber a opinião de vocês.

E se preparem pra a segunda, e última, parte do TOP. É agora que as divas pop irão batalhar pela posição de melhor música de cantora pop de 2016. Podem ir fazendo suas apostas aí embaixo.

SEGUNDA PARTE DO TOP 20 DO OCIDENTE

13 comentários em “MELHORES DO ANO 2016: TOP 20 MÚSICAS DO OCIDENTE (PARTE 1 DE 2; 20~11)

  1. Vendo esse post, cheguei a conclusão de que não fiquei tão por fora da cena ocidental quanto pensei que estivesse. Acabei conhecendo a Banks por esse álbum mesmo, e Gemini Feed é uma das minhas faves, um hino desses

    Não me pergunte porque, mas eu tenho um medinho de Die Antwoord e por isso nem ouço eles, mas que música boa essa Banana Brain. Continua sendo creepy além da conta, mas gostei

    Curtir

    1. Muito que bem com o senhorito por dentro dos Ocidente da vida. Tu conhece todas as músicas daí?

      Amorzinho demais o Gemini Feed, né? Eu achei o álbum da Banks bem mediano, mas gostei bastante dessa daí e de Trainwreck (se Trainwreck tivesse versos mais consistentes, ela entrava aqui no lugar de Gemini Feed).

      E olhe, eu não estranho nem um pouco o fato de você ter medo de Die Antwoord. Quer dizer…

      E eu só não coloco mais vídeos de exemplo pra não floodar o comentário.

      Curtir

      1. Uhum. Só a do Zayn que nunca tinha ouvido, acho que tenho um bloqueio auditivo com artistas homens do ocidente.
        É mesmo, Trainwreck é bem boa também.
        Credo, olha a thumbnail desse troço. Filme de terror pra que?

        Curtir

  2. Eu nem comento em TOP de fim de ano, mas eu quero falar que eu já conhecia só UMA música da lista, que era Don’t Speak, que como você disse, É VICIANTE DA PORRA, mas acontece que eu amei a música da Alessia ❤

    Curtir

  3. Se desse pra colocar gifs aqui, eu inseriria o do John Travolta confuso e diria “eu no meio dessa lista”. Como não é permitido, apenas descrevo a situação ideal.

    Mas sério, só conhecia 4 de todas e curti bastante a Banks. Não curto muito Pop Ocidental, com exceção de Sia, Lana Del Rey, Marina e esse estilo menos Dance.

    Curtir

    1. Você quer dizer esse gif aqui? hehehe

      E fico contente que você tenta curtido a música da Banks! Se quiser ouvir mais dela, te indico Trainwreck que é do mesmo álbum de Gemini Feed. Também tem o primeiro álbum dela, que é bem falado. Ainda não cheguei a ouvir ele, mas fica aí a recomendação.

      Curtir

  4. Uou, vários hinões ❤

    Acho que "Don't Touch My Hair" ficaria num top 3 meu. Essa música é linda, o clipe é lindo e etc. Eu inclusive usei ela num trabalho de jornalismo para rádio e em outro de jornalismo para web. Solange #DonaDoMeuCu

    "Kiss It Better" é a minha favorita do ANTi e tem um significado ~especial~ pra mim, pois tirei 10 em um OUTRO trabalho de TV na faculdade falando sobre ela. (sim, eu fico metendo trecos Pop nas coisas da faculdade porque sim, inclusive meu tcc está sendo sobre capope).

    "WIid Thing" é viciante. "Gemini Feed" também, embora eu tenha preferido o primeiro álbum da Banks. Do Zayn, eu gostei mais de "BeFoUr" e "Like I Would", mas essa também é legal.

    Torcendo aqui pra rolar "Cool Girl", "Rockabye", "Formation", "Shout Out To My Ex" na próxima parte (que provavelmente vai ter Lady Gaga lol).

    Curtir

    1. Cê acredita que eu nem gostei tanto assim do álbum da Solange? Tipo, o álbum é muito bem feito e as interludes são gloriosas, mas as músicas em si não me cativaram muito. Mas mesmo assim Don’t Touch My Hair conseguiu fazer o requisito comigo hehehe.

      Eu imagino que deva ser mais divertido fazer trabalhos quando a gente traz essas coisas que fazem o nosso gosto, então cê faz bem hehehe. E muito que bem o senhorito só nos 10, I liked to see.

      Eu ainda não cheguei a ouvir o primeiro álbum da Banks. Eu ia até ouvir esse ano, mas quando vi que saiu um novo, decidi ouvir ele. Mas ainda darei uma ouvida naquele Goddess. Já sobre essas músicas do Zayn, eu também dessas daí. Like I Would tava até concorrendo a vaguinha aqui nesse melhores do ano, mas acabou que Rear View fez mais por merecer pra mim.

      Será que seus palpites do twitter estavam certos???? Logo logo teremos a resposta. Vou nem colocar a Illuminatti Song por que ela já fica subtendida.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s