Sistar e Wonder Girls voltaram pra fazer a diferença nesse 2016.

Depois de muito drama sobre o quão parado tá o k-pop 2016, não é surpresa que a espera por atos grandões e respeitados pelos meros ocidentais fosse grande. Eu mesmo nem to achando 2016 essa merda toda não (muito pelo contrário), mas é lógico que eu também tava animado pra ver o que as grandonas iam trazer para nós com seus comebacks.

E eis que (a algumas várias semanas atrás heheheeh), as primeiras parede inquebrável (Wonder Girls nos nossos corações) a dar o ar da graça foram WG e Sistar. O que uma boa notícia para todos nós por que sabemos que da pra confiar nelas. Tá bom que em Sistar nem tanto se a gente tratasse de um Summer Concept, mas não é o caso.

Vamos começar falando de…

WONDER GIRLS

Rapaz, tá aqui uma coisa que eu não tava esperando (e acho que ninguém tava esperando). Reggae.

Por mais que parece uma união MUITO estranha, Reggae e K-pop, isso aqui funcionou PERFEITAMENTE BEM MEU DEUS DO CÉU. A música realmente é muito gostosinha de se ouvir e traz um completo good vibes em nós, ouvintes, sem precisar de entorpecentes.

No fundo do meu coração algo me diz que isso aqui não teria um clima tão gostoso se não tivesse sido interpretado pelas gurias de Wonder Girls (ou até mesmo por gurias de k-pop), então acaba trazendo um som bem diferente para o k-pop e para o meu coraçãozinho, por mais que esse seja um Reggae bem pouco inspirado em relação à originalidade.

Eu só quero saber quem deixou existir aqueles versos de Yubin pré-rap que ficaram horríveis para eu poder processar o responsável. Também merecia um processo quem deixou Hyerim fazer rap, mas esse último só ficou estranho mesmo então da pra relevar.

No geral: a música é ótima, muito gostosinha, mas não chegou a ser um hinão pra mim não, teve mais um gostinho de amostra grátis. Então eu espero muito que a JYP/Wonder Girls estejam dispostos a fazer um álbum I-N-T-E-I-R-O de Reggae com várias delícias vide Reboot, fazendo valer o que eu falei sobre isso parecer uma amostra grátis. To no aguardo.

E esse clipe super aesthetic em minha gente? Acho que a graça do clipe mesmo tá aí. Quer dizer, é massa elas sendo torturadoras de manequin loconas, mas a forma como isso foi explorado não aproveitou muito bem o tema. Vamo lá gente, mais namoradas irritadas por que o cara traiu elas? Não é possível que alguém ainda leve isso a sério. Talvez fosse melhor o assassinas frias porém bem vestidas sem namorado concept como o teaser sugeria.

Mas de qualquer forma o clipe tá lindão, as meninas tão LINDONAS (SUNMI TÁ DEUS E EU NÃO COMPREENDI TAMANHA BELEZA ATÉ HOJE), cada frame delas agindo na cena do crime tá MUITO bem executada e super legal de se ver, e isso tá suficiente pra o clipe ser ótimo. Assim, o esthetic vence novamente.

BDKESKSSMSLSIWHSVSJSKAASOIKOIASFSIO

Agora vamos para…

SISTAR

Duas palavras: Do caralho.

Sério, que música BOA. Os esses instrumentos de sopro deliciosos seguindo toda a música, o ritmo frenético da música (também conhecido como ETA CARAI ESSE BPM TA RAPIDAO EIN), os versos, cada beat. Tá tudo MUITO bom. Acho que é a primeira música esse ano que tem um ritmo desses e que foi tão bem executada.

Não vou mentir, da primeira vez que ouvi a música eu estranhei bastante por estar esperando um Alone/Give It To Me da vida, mas ter recebido uma mistura dessas músicas com a agitação de um verão concept de Sistar. Não vai me dizer que, nas primeiras ouvidas, isso não é de atordoar qualquer um que conhece essa bipolaridade do quarteto? Mas foram necessárias só algumas ouvidas pra eu compreender a maravilha por trás de I Like That e passar a amar ela.

Estamos diante do melhor single de Sistar até o momento meus caros, e Eu Gosto Disso (TROCADILHORUIM. WOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOW).

Já o clipe eu nem vi direito pra ser bem sincero hehehe. Mas é aquele negoço, tá bonito, tá aesthetic, então tá valendo.

Vale a pena citar aquela cena onde Dasom tá com vários ideogramas (chineses? japoneses? eu acho que chineses) nas costas. Aquilo ficou muito lindo e entrou nas melhores cenas de 2k16.

Esperamos dois comebacks de nível elevado, foi o que recebemos. Depois desse win/win nos resta esperar a chegada de mais músicas desse nível no recorrer do ano. Ainda tá faltando várias galerinhas fazerem comeback (se essas galerinhas não darem disband), então estarei aguardando pacientemente.

 

6 comentários em “Sistar e Wonder Girls voltaram pra fazer a diferença nesse 2016.

  1. Também gostei muito de I Like That. Tava acompanhando o povo ansioso por esse comeback, pouco conhecia o Sistar então tinha zero expectativa. Super gostei e não entendo essas pessoas que falam mal delas (nem quero entender).

    Curtir

    1. Talvez a parte do povo falar mal delas seja por elas estarem trazendo sempre musicas animadas de verão todo comeback xD. Elas deixaram isso de lado em I Like That, o que é óoootimo.
      Seja bem vinda ao blog!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s